Vizinhos barulhentos, o que fazer?

vizinhos barulhentos
vizinhos barulhentos

Ter vizinhos barulhentos é (quase sempre) um problema.

Em especial quando se mora em apartamento. São festas com música alta, crianças chorando, móveis sendo arrastados e latidos de cachorro atrapalhando o seu sossego.

Convivemos em sociedade e, por isso, somos levados a nos relacionar todos os dias com as pessoas que nos cercam. Por isso é importante poder contar com uma boa vizinhança, que seja tranquila, agradável e que não dê nenhum tipo de problema.

 Quando a política da boa vizinhança já não basta e as reclamações na portaria são insuficientes, chega a hora de apelar para instâncias maiores.


Se você está procurando saber o que fazer com vizinhos barulhentos, é porque não deu a sorte de morar em uma boa vizinhança., e acredite, isso hoje é raro!
Pode ser que o vizinho seja novo no pedaço e não consiga respeitar o silêncio, mesmo nos horários de descanso, como o período da noite. O barulho gerado por vizinhos, quando em excesso, pode tirar a paz de todos os outros moradores locais.

Morar em uma boa vizinhança representa sossego, segurança, tranquilidade e a possibilidade de poder contar com um amigo e parceiro. 

Mas e quando os vizinhos são barulhentos, o que fazer?

Hoje nesse artigo te daremos dicas de como proceder nesses casos para que no processo você não perca a razão.


1) Comece pelo diálogo:

Às vezes tudo é uma questão de uma conversa educada e tranquila, talvez a pessoa nem tem noção que está fazendo tanto barulho assim, geralmente isso é muito comum em apartamentos, onde o vizinho nunca sabe se o barulho produzindo dentro da casa dele afeta o vizinho do lado ou de baixo.

Então, antes de levar a outras medidas, vale a pena tentar uma boa conversar.



2) Acionar o síndico:

Se você tentou a primeira opção e a conversa não funcionou, é hora de chamar o síndico para resolver.

Ele é a pessoa que é responsável por manter a ordem e a tranquilidade no prédio.

Comunique o que está acontecendo, e se possível faça um vídeo mostrando momentos de barulhos feito pelo vizinho.

Assim poderá embasar sua reclamação.



3) Busque as autoridades:

Se nem mesmo o síndico conseguiu resolver a questão, é hora de tomar medidas extremas.

Procure as autoridades pois perturbar o sossego alheio é contravenção penal, passível de até 3 meses de prisão.

Esperamos que não seja necessário que você chegue ao extremo para resolver esse problema, mas esta é uma opção quando todos os demais recursos falharam.


Por hoje é só isso, vamos ficando por aqui e esperamos ter ajudado você com essa questão, em breve mais dicas e se caso queira nos enviar sugestões de assuntos, ficaremos felizes em receber.

Isso pode ser feito por e-mail ou se preferir nos envie pelas nossas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *